frase do dia: ‘a homofobia é mais uma constatação da perda da ternura no mundo, ser
preconceituoso com os LGBTs é retroceder; além de prejudicar o crescimento humano.’

(letícia spiller - atriz brasileira)

última atualização: 19/08/2009 20:36:42

terça-feira, 9 de setembro de 2008

cindy lauper x bush, casamento gay na tribo dos 'coquilles'

cindy lauper x bush

Durante uma entrevista concedida ao jornal inglês ‘The Times’, a cantora americana Cindy Lauper fez críticas ao presidente George W. Bush, ao mesmo tempo em que declarou seu amor por gays e por toda a comunidade GLBT. Ao ouvir George W. Bush dizer que a comunidade gay é composta por anti-americanos, fez o sangue de Cindy ferver, ela que esteve ao lado de gays por toda vida. ‘O homem que salvou a Casa Branca, um dos heróis do 11 de setembro, era gay, e Bush lá se lembrou alguma vez de mencioná-lo? Este homem salvou o seu 'traseiro' sujo’, disse Cindy Lauper. ‘Agora, este mesmo cara, que diz orar para Deus, mas que na verdade é quem promove o medo e o ódio, é justamente a quem chamamos de presidente. Este sim, é o verdadeiro anti-americano’, completou. Lauper também revelou ao ‘The Times’ o quanto já tentou, obstinadamente, se tornar gay. ‘Minha irmã é gay, meus melhores amigos são gays. Descobri que eu tinha que ser gay também, de todo o jeito. Por isso, fiz tudo que eles fizeram. Tentei beijar mulheres, mas não rolou’, finalizou.

tribo norte-americana legaliza o casamento gay

Kitzen Branting e Jeni Branting primeiro casal gay que oficializará a união na tribo dos ‘Coquilles’, no estado norte-americano de Oregon, depois que líderes da comunidade decidiram legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A união é inconstitucional porque o estado não reconhece a união homossexual, mas líderes da tribo argumentaram que têm seu próprio sistema legal. O Ato Federal das Tribos não obriga as comunidades indígenas a seguir as constituições dos estados onde estão, portanto, Kitzen e Jeni vão se casar em maio do próximo ano. A tribo dos ‘Coquilles’ é a primeira comunidade nativa norte-americana a legalizar o casamento gay.

7 comentários:

lailols disse...

Boy George está em São Paulo.
Você esqueceu dele?
Ele se enquadra nesse universo? Eu acho que sim.

Mara* disse...

o excêntrico faz parte do time. gosto apenas de uma música do culture club, adorava apenas a androginia do moço. vi as fotos recentes dele, os famosos também envelhecem.

livia disse...

Boy Geroge,bem lembrado.Virar a mesa e a maão nos idos passado nada fácil.Mara,todos envelhecemos(uns melhores que outros)mas esta certeza da finitude escancarada em nosso corpo,é a logica das mutaçoes!(entendeu?rs...as vezes me enrosco para explicar.)E que hoje vivemos a cultura da eterna juventude,siliconada,bombada...o externo parece uma boneca inflavel, de plastico,o pior é que quando esvazia ,nada tem por dentro!Este mundo é um circo!As índias casando,legal.Vi,li...sobre os indios brsileiros que nada tem contra a homossexualidade.Sao respeitados.Seria legal voce falar algo(ou por algum artigo a respeito disso0>)Muito bom ler seu blog.Valeu a vista lá no meu space! Abraçao.

livia disse...

esqueci! adorei a lingua solta da cindy contra o cnastrão e vilao da politica internacional. Vamos ver se os americanos(idiotas)nao colocam um Bussh de saias ou um cachorro brabo de baton!)no poder.Temos muitos bodes...(aiatolás) para arrrasar com o mundo.Precismos de folga.Essa turma bem que podia tirar férias!!!Abraçao.

Juan Trasmonte disse...

Mara, ontem em Buenos Aires foi a União Civil de Roberto Piazza, um estilista famoso daqui. Mas o que achei legal é que a presidenta do Instituto contra a discriminação foi testemunha. Ou seja, o Estado estava presente. E os jornais de hoje trataram com altura. Acho que alguma coisa está mudando no olhar da sociedade.
bjs

Mara* disse...

Lívia querida! Sou daquelas para quem o envelhecer é normal, nem tintura uso nos cabelos, muito menos botox. Os cabelos são grisalhos, cada fio sussurra uma história, cada ruga espelha uma lágrima ou um sorriso. Tenho orgulho dos meus sinais de vida.

um beijo carinhoso

Mara* disse...

Juan, procurei alguma coisa à respeito do casamento, não encontrei nada, nem mesmo sobre Roberto Piazza. Hoje, descansada, faço mais uma tentativa.

beijão