frase do dia: ‘a homofobia é mais uma constatação da perda da ternura no mundo, ser
preconceituoso com os LGBTs é retroceder; além de prejudicar o crescimento humano.’

(letícia spiller - atriz brasileira)

última atualização: 19/08/2009 20:36:42

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

óleo de peroba é pouco

'A lei é uma excrescência. Tenho a concepção de que o homossexualismo não é o melhor caminho para o ser humano. Vai ter uma lei dizendo que eu tenho que concordar? Ninguém pode tirar o meu direito de dizer qual o melhor caminho para o meu filho.'

Foi o que disse dias atrás no primeiro debate com os candidatos à Prefeitura do Rio de Janeiro, o ex-bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, senador, cantorzinho e vice-líder nas pesquisas de opinião entre os eleitores, Marcelo Crivella. Pedindo à população para se mobilizar contra o projeto de lei que torna crime a discriminação a homossexuais, projeto que tramita no Senado Federal e que tem como ferrenhos adversários a bancada evangélica liderada pelo próprio ex-bispo e Magno Malta, ele justificou dizendo que defendia apenas a liberdade de expressão.

Na semana passada, Crivella chegou de surpresa à Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa, em Copacabana, onde os participantes pediam o fim da discriminação e da violência, principalmente contra religiões de origem africana. A religião que Crivella professa, a evangélica, é a que mais 'demoniza' as outras.

Em julho, em uma carta-compromisso que leu para jornalistas, o mesmo Crivella iniciou a sua campanha repudiando a homofobia e a intolerância religiosa.

Marcelo Crivella, sucessor e representante no Senado de Edir Macedo, o mandachuva da Igreja Universal, tentou uma alteração na lei de incentivo a cultura que passaria a entender também os eventos religiosos como ‘cultura’, portanto, destinaria dinheiro da lei para igrejas, leia-se Igreja Universal do Reino de Deus. Magno Malta fundou uma Igreja com o intuito de lavagem de dinheiro sujo do crime organizado, seus sócios o advogado Beline Salles Ramos, e o suplente de senador, Xyko Pneus foram presos.

Marcelo Crivella é apenas mais um monstro gerado pela ignorância e Magno Malta um criminoso de quinta categoria.

2 comentários:

Tanya disse...

Oie Mara! Vim conhecer seu blog, parabéns! Organizado e de fácil leitura!

Quanto à "Universal"... não passa de uma instituição financeira que manipula seus "fiéis" para seus propósitos degradantes...

beijinho

lailols disse...

Crivella já diz: "Lula é meu pastor, nada me faltará".
Quem tem padrinho não morre pagão. Magno Malta, poderia se chamar Magno Súcia, é outro que está sob as asas do poderoso chefão.
E o povo terceiro mundista dá respaldo a isso tudo.

Shakespeare está comigo: "se isso é falso e alguém provou
não sou poeta e jamais se amou"...