frase do dia: ‘a homofobia é mais uma constatação da perda da ternura no mundo, ser
preconceituoso com os LGBTs é retroceder; além de prejudicar o crescimento humano.’

(letícia spiller - atriz brasileira)

última atualização: 19/08/2009 20:36:42

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

filme: a jihad for love

título no Brasil: 'jihad do amor'
gênero: documentário
origem: EUA/reino unido/austrália/alemanha/frança
ano de lançamento: 2007
direção: parvez sharma
produção: sandi simcha dubowski

jihad for lovejihad for love

O diretor Parvez Sharma nasceu na Índia, é gay e muçulmano. Os protagonistas do documentário são muçulmanos e homossexuais que não querem renunciar à fé. Constantemente lembrados da punição de Sodoma e Gomorra, ‘A jihad for love’ mostra a busca angustiante de gays e lésbicas de uma forma para conciliar os dogmas da religião e a sua orientação sexual considerada maldita. Sujeitos a perseguições, humilhações e até à morte, muitos cedem a casamentos de conveniência e se deparam com a hipocrisia. Um jovem indiano conta como ouviu a condenação inflexível de um líder religioso para logo em seguida ser convidado a fazer amor com ele.

Filmado clandestinamente em doze países ao longo de seis anos, para a proteção de alguns e de seus familiares, o diretor usou recursos para esconder os rostos ou filmou apenas silhuetas, pois, existe o risco de morte tanto no Irã, quanto no Egito e Paquistão. Na África do Sul, Muhsin Hendricks, um ímã (líder religioso) casado e com filhos, declarou-se gay num programa de rádio e ouviu pedidos de pena de morte. No Egito, onde ser gay é ilegal, o jovem Mazen com 20 anos é obrigado a fugir depois de ser preso, torturado e violado por estar numa boate gay no momento em que esta foi invadida pela polícia. Maryam, uma lésbica que vive em Paris, e mantém uma relação de longa-distância com a sua namorada, Maha, no Cairo. Uma mãe muçulmana na Turquia aceita o casamento lésbico de sua filha mais velha. Quatro gays iranianos fogem de seu país e buscam asilo no Canadá. Para muitos a saída tem sido a fuga e são encontrados refugiados na França, na Turquia e no Canadá.

‘A jihad for love’ tem sido também conhecido sob a designação ‘Em nome de Deus’. A palavra ‘jihad’ ou ‘guerra santa’, diante das ameaças e atos violentos de extremistas muçulmanos, adquiriu conotação negativa. O seu significado é bastante complexo e o documentário tenta recuperar o conceito que se refere à luta dos indivíduos de se manterem no caminho de Deus.


3 comentários:

victor disse...

Temática complicada essa, em se tratando de países mulçumânos. Abraços

victor disse...

Fotos lindas as do perfil, de uma delicadeza e sensualidade absurda. Muito show, amei. Abraços

Trama disse...

http://rapidshare.com/files/206842063/AJFLove.part1.rar
http://rapidshare.com/files/206852501/AJFLove.part2.rar
http://rapidshare.com/files/206862905/AJFLove.part3.rar
http://rapidshare.com/files/206873551/AJFLove.part4.rar
http://rapidshare.com/files/206883784/AJFLove.part5.rar
http://rapidshare.com/files/206894849/AJFLove.part6.rar
http://rapidshare.com/files/206906085/AJFLove.part7.rar

No pass