frase do dia: ‘a homofobia é mais uma constatação da perda da ternura no mundo, ser
preconceituoso com os LGBTs é retroceder; além de prejudicar o crescimento humano.’

(letícia spiller - atriz brasileira)

última atualização: 19/08/2009 20:36:42

quinta-feira, 3 de julho de 2008

abominação

Hoje, parece ser um tanto difícil encontrar, com exceção dos judeus ortodoxos, alguém que pratique os preceitos de ‘levíticos’ em sua íntegra. Ao contrário, o que se vê é a utilização desta passagem bíblica apenas para condenar e julgar. Infelizmente, é o lado imperfeito do homem julgando o seu próximo.

Recebi alguns comentários, cheios de ódio, de evangélicos preconceituosos como o da auto-intitulada ‘serva de Deus’ que acredita e aceita que: ‘homossexualidade é um pecado, e os que a praticam são dignos de morte’, e fico a imaginar o quanto é árdua a luta daqueles que não abdicam da sua religiosidade, como o João, homossexual e evangélico, e administrador do blog 'Gospel GLBT', o mais novo parceiro do 'Fazendo Estrelas'.

Em todos os comentários é citado ‘levíticos’, mas os que o mencionam, esquecem que ao justificar a proibição da homossexualidade através desta ou daquela passagem bíblica, estão presos à necessidade de se aderir a toda a lei do ‘velho testamento’. Paulo deixa isso claro e lembra que quem quer e deseje seguir qualquer ‘parte’ da Lei é um ‘devedor’ de toda a Lei, deve seguir também, outras condenações anunciadas por Deus como:

- não comer carne de porco (Levíticos 11:07)
- não comer alguns frutos do mar (Levíticos 11:12)
- não comer fruta de uma árvore com menos de cinco anos (Levíticos 19:23)
- não fazer cruzamento de raças de animais (Levíticos 19:19)
- não cultivar duas plantas diferentes num mesmo jardim (Levíticos 19:19)
- não semear a terra mais do que sete anos (Levíticos 25:04)
- não usar uma vestimenta tecida com fios diferentes (Levíticos 19:19)
- não ler o horóscopo, por exemplo, ou consultar uma cartomante (Levíticos 19:26)
- não cortar o cabelo (Levíticos 19:27)
- não raspar a barba (Levíticos 19:27)
- não ser tatuado (Levíticos 19:28)
- não nutrir mágoa de alguém (Levíticos 19:17)....etc...etc...etc...etc...

O mesmo ‘levíticos’ não nos diz por que é proibido cortar o cabelo ‘arredondando os cantos da cabeça’ ou raspar a barba, não explica porque é lícito comer peixe, mas é pecado comer carne de porco; se é lícito comer carne de carneiro por que não pode comer carne de lebre? Existe a proibição, mas não é explicado o porquê desta aversão e é estranho descobrir um Deus que amaldiçoa sua própria obra.

Curiosamente, o que se observa hoje é que todas estas proibições, com exceção da homossexualidade, foram esquecidas. Corta-se o cabelo, faz-se a barba e come-se carne de porco ou lebre como se jamais tivessem sido estas práticas proibidas. Porém, a prática homossexual continua a ser apontada como impura perante os olhos de Deus porque é condenada em ‘levíticos’, não importando as outras proibições, como se estas tivessem sido revogadas sem se especificar onde e de que maneira esta revogação supostamente aconteceu.

Se, como apregoam os fundamentalistas, aquele que não cumpre as determinações de ‘levíticos’ é um pecador, toda população da Terra, inclusive eles, está condenada, pois, dificilmente, nos dias de hoje, alguém deixa de cortar os cabelos por causa da bíblia, cristãos vão à missa com o corpo tatuado, comem camarão ou carne de porco, usam roupas confeccionadas com fios diferentes.

As passagens contidas em várias partes da bíblia são apenas dados históricos, e não faz sentido quando, literalmente, aplicados nos dias atuais. No entanto, mesmo obsoletas, muitos ainda se utilizam destas passagens para atacar a homossexualidade, conforme suas interpretações e ódios pessoais. O preconceito e a discriminação são os piores e mais mesquinhos sentimentos humanos e a visão medieval de certas seitas é simplesmente patética.

Deus nos deu um coração, mas também um cérebro, para que façamos bom uso dele.

5 comentários:

Juliana Dacoregio disse...

Olá! Nossa, seu texto está perfeito! Ótima observação sobre o uso que muitos fazem da bíblia para condenar os homossexuais, mas esquecem que o mesmo livro que estão usando para basearem suas opiniões condena coisas que eles fazem o tempo todo!
Já fui evangélica e sei que mesmo aqueles evangélicos que dizem não ter nada contra os homossexuais ou que têm amigos homossxuais, no fundo acham que os "homossexuais cometem abominação"! Abominação é manipular pessoas e dividir famílias, como eles fazem.

Leandro Paiva disse...

Claro que o preconceito vem acompanhado da hipocrisia. Sempre veremos (infelizmente) essas pessoas que escolhem que leis seguir dentro de um mesmo conceito. Escolher dentre os dez mandamentos o preferido é fácil. Mas ter responsabilidade social e bom senso é raro.
Particularmente, os textos antigos são até interessantes, mas acho uma mediocridade o homem não ter se preocupado em evoluir sua leitura. Será uma necessidade até vaidosa de querer ser o filho amado do Pai lá em cima? rssss

dicasblogger disse...

Arrasou, Mara.
A homofobia nada mais é do que uma defesa do Ego contra as próprias fantasias homossexuais.

Queria te dar uma sugestão. Não encontrei um link para sua home nem na sidebar, nem no topo; sendo assim quando alguém está lendo um artigo individual, não vai conseguir voltar a home automaticamente.

Abraços

LA_MALIGNA disse...

É triste como se usa Deus para auto-afirmar preconceitos próprios. Muito bom seu texto!

Vou te adicionar ao meu blog... beijos!

Analuka disse...

Interessante e inteligente a argumentação!... e eu acrescentaria, ainda, mais isto: caso todos fossem seguir à risca preceitos ou exemplos bíblicos do Antigo Testamento, que dizer, por exemplo, das 300 mulheres de Salomão, ou do caso de incesto em que uma filha copula com o pai para gerar descendência?...
Qualquer preconceito ou posição radical deriva, primeiro, da ignorância, depois do medo, e, ainda, da falta de abertura da mente e da alma para a beleza da vida, e do amor, em suas múltiplas formas e matizes!
Abraços alados azuis.